terça-feira, 16 de novembro de 2010

Dossiês do Cruzeiro e Timão, quem tem razão?

Dossiês, Cruzeiro ou Timão, quem tem razão

Da política ao futebol, dossiês agora entra em campo e cada um defendendo seu mando de campo ou suas cartolagens.
E acho que se juntar os dois em matérias de gatunagem ninguém tem razão, nos últimos anos os dois clubes foram ajudados pelo apito amigo, ainda diz Milton Neves, e só tirando quando os Cruzeiro foi campeão que foi gatunado pela arbitragem.
E só foi campeão porque gatos por gatos tem em todos os lados.

Depois dos muitos lances polêmicos no último confronto, entre impedimentos e pênaltis marcados ou não, torcedores de Corinthians e Cruzeiro duelam pela internet. Os “dossiês” contendo lances que supostamente ajudaram o time paulista em várias rodadas do campeonato já circulam há tempos. A novidade é o novo vídeo, uma resposta, provavelmente editada por um torcedor corinthiano. Uma compilação de lances que teriam ajudado os mineiros em várias rodadas. Os dois vídeos têm em comum a entrevista revoltada do técnico Cuca no último sábado, que pontua o roteiro.







2 Comentários:

Guilherme Palma disse...

Tudo conversa furada. Era um jogo que quem perdesse ia ser mal perdedor inventar de tudo para se desculpar.
O Cruzeiro teve o jogo inteiro para fazer gol no Corinthians. Se fosse bom teria feito. Não fez, sofreu o castigo no fim nas mãos de um time muito mais aplicado tecnicamente. Agora guenta o choro, igual ao inter do rio grande do sul. O fato é que o Corinthians sempre vem carregado de polemica, por ser um dos clubes mais populares, entre as maiores torcidas e por ser o time mais odiado entre os nao corintianos.

Dois disse...

Não se demora muito para achar ajuda aos times de Rio-SP pelo apito amigo, algumas vezes foi mais incompetência do que apito amigo, como em 77. Fico vendo quando riem do time que sofre com isso, ao invés de protestar, pois "amanhã" o "eixo" fará o Galo vítima novamente.

-- http:/noticiagalo.blogspot.com

Postar um comentário

  ©VAMOGALOO - Todos os direitos reservados.